15/ABRIL
Consórcio
Respondemos todas as suas dúvidas sobre o consórcio

Respondemos todas as suas dúvidas sobre o consórcio


Se você está pensando em adquirir um bem, imóvel, carro, moto, provavelmente já ouviu falar que o consórcio é uma ótima opção. Agora, para entender se realmente é uma boa ideia, você precisa saber o que é um consórcio e tirar todas as suas dúvidas sobre essa modalidade de compra e no texto de hoje essa é a nossa missão! 

 

Mas afinal, o que é um consórcio?

 

O consórcio reúne pessoas em grupos com a finalidade de formar uma poupança para conseguir conquistar bens. A formação deste grupo é feita por uma administradora, que deve ser autorizada pelo Banco Central. Nesse sistema de investimento, o valor do bem é pago em um determinado prazo por meio de parcelas. Todos os integrantes contribuem ao longo do período e mensalmente a administradora do consórcio contempla alguém com o crédito no valor do bem contratado, até que todos sejam atendidos. 

 

Quais as características e benefícios de fazer um consórcio?

 

São muitos os benefícios do consórcio para adquirir um bem, entre os principais estão:

·      Parcelamento integral do valor;

·      Possibilidade de compra à vista (com a carta de crédito);

·      Crédito por meio de sorteio;

·      Aceleração da contemplação por meio de lances;

·      Diversidade de prazos de pagamentos;

·      Flexibilidade;

·      Consórcio não tem juros (só há taxas da administradora).

 

Conheça os tipos de consórcios

 

Existem consórcios para aquisição de bens e para a contratação de serviços. No caso de aquisição de bens é possível comprar imóveis, veículos automotores terrestres, marítimos e aéreos. Já o consórcio de serviços permite que você realize algo que precisa ou deseja muito, mas não tem como pagar à vista. É o caso da reforma da sua casa, procedimentos estéticos, viagens, etc. 

 

Como é calculado o valor das parcelas de um consórcio?

 

O valor da parcela corresponde à soma das importâncias destinadas ao fundo comum do grupo, taxa de administração e demais obrigações do contrato. Elas não têm um valor fixo, mas isso não está relacionado a juros. As parcelas podem aumentar ou diminuir de valor, pois dependem da valorização ou desvalorização do dinheiro. A inflação é que influencia no valor do bem desejado. É uma forma de manter o valor da carta de crédito atualizada para quando você for contemplado. 

 

O que é a contemplação?

 

Falando em contemplação, ela acontece quando a pessoa recebe o crédito para compra do bem ou serviço desejado. A chamada carta de crédito recebida é correspondente ao valor atualizado como já dissemos acima. Ela pode acontecer por meio de sorteio ou por lance realizado geralmente nas assembleias mensais. 

 

Qual é o prazo para ser contemplado?

 

O prazo varia, você pode ser contemplado no primeiro mês ou no último. É importante saber que não é preciso pressa no consórcio, mas você pode adiantar sua contemplação com lances, que vamos falar mais a frente. Caso contrário, planejar e organizar seu orçamento com segurança para adquirir seus bens, é isso que o consórcio proporciona. 

 

Como funciona um lance no consórcio?

 

Existem três tipos de lances que podem ser feitos em um consórcio e você precisa analisar o mais viável para você, são eles: fixo, livre, embutido. Os lances ajudam a antecipar sua contemplação.

  

No lance fixo você oferta um valor estabelecido, varia conforme a administradora, que pode equivaler a 50% ou 25% do valor do crédito. Já a modalidade de lance livre o valor não é pré-definido, vence o valor mais alto. E o embutido é aquele que você usa parte da carta de crédito para completar o valor do lance e aumentar suas chances de ser contemplado. 

 

Tenho nome sujo, posso fazer consórcio?

 

Sim, se o seu nome está em cadastros como Serasa, por exemplo, você não é impedido de entrar em um consórcio. Diferente de um financiamento bancário onde há restrições, no consórcio você só precisa organizar sua documentação e estar com o nome limpo no momento de receber sua carta de crédito. 

 

O que acontece se eu não pagar as parcelas?

 

Já explicamos que o consórcio é formado por um grupo de pessoas que poupam juntas. Portanto, uma vez que o consorciado atrasa ou não realiza os pagamentos todos os demais são prejudicados. Caso a sua situação financeira tenha ficado bastante complicada o ideal é antecipar o problema (não esperar não conseguir pagar) e tentar uma negociação. Talvez diminuir o valor da carta de crédito, isso fará com que as parcelas fiquem menores. 

 

 Quer fazer um consórcio e quer mais dicas sobre essa modalidade de compra? Não deixe de acompanhar nossas mídias sociais!